ABICS
secretaria@abics.com.br 55 11 3251 2883 CH ENG BR

Exportação de café solúvel acumula queda de 2% no primeiro semestre

16/07/2018

voltar
ABICS

Setor remeteu 1,648 milhão de sacas de janeiro a junho, abaixo das 1,686 milhão registradas no mesmo intervalo de 2017

 

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics), foi exportado o equivalente a 1,648 milhão de sacas de 60 kg do produto no acumulado do primeiro semestre de 2018, volume que implica queda de 2% na comparação com as 1,686 milhão de sacas embarcadas nos seis primeiros meses de 2017. Os dados foram apurados junto ao Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Em relação à receita, as remessas nacionais de café solúvel ao exterior renderam US$ 275,7 milhões de janeiro a junho deste ano, montante que representou um recuo de 12% em relação aos US$ 313,9 milhões obtidos no primeiro semestre de 2017.

 

O desempenho dos embarques de café solúvel do Brasil coloca o segmento no segundo lugar entre os tipos de café embarcados no ano, representando 11,4% do total e ficando atrás apenas da variedade arábica com sua representatividade de 85,2%. O preço médio do solúvel, no primeiro semestre do ano, foi de US$ 167,28 por saca.

 

PRINCIPAIS DESTINOS
Os principais compradores do café solúvel brasileiro de janeiro a junho foram: (i) Estados Unidos, com a aquisição de 277.740 sacas (US$ 43,035 milhões); Rússia, com 197.018 sacas (US$ 34,649 milhões); Japão, com 147.210 sacas (US$ 33,285 milhões); Indonésia, com 129.148 sacas (US$ 19,241 milhões); e Argentina, com a importação de 123.572 sacas (US$ 16,883 milhões) do produto nacional.

 

Confira o relatório completo no site da Abics: https://www.abics.com.br/noticia.php?noticia=52&desempenho_das_exportacoes_de_cafe_jun_2018.

© ABICS 2018 - Todos os direitos reservados | GSB2